Buscar
  • habita mais

Assim terão de ser as casas depois da Covid-19: mais confortáveis, seguras e saudáveis

Truques para organizar melhor a casa e prepará-la para os novos tempos que aí vêm.




A pandemia do novo coronavírus vai mudar a forma como nos relacionamos, mas também a maneira como vivemos, segundo os especialistas. A plataforma online de design e renovação residencial Houzz deixa algumas dicas de como organizar melhor a casa para o futuro com espaços mais versáteis, preparados para o teletrabalho, com mais luz e contacto com o exterior, ou simplesmente sendo mais confortáveis.


O confinamento “apanhou” muitas famílias desprevenidas, e a verdade é que tanto tempo em casa já fez refletir muitas pessoas sobre o espaço partilhado e as suas limitações. A Houzz analisou “os termos mais procurados” pela sua “comunidade de milhões de indivíduos”, consultando depois “profissionais do setor para entender melhor como passagem desta pandemia veio a redesenhar as casas desde o início do confinamento” e como se espera que evolua a partir de agora. Com base nisso, traçou algumas características daquelas que serão as casas do futuro.


Espaços versáteis e multifuncionais

Houzz/Carla Capdevila


Quando todas as atividades da família são realizadas no mesmo espaço, do trabalho ao desporto, a versatilidade faz muito mais sentido.


Gonzalo Pardo, diretor da Gon Architects na Houzz, garante que "o maior impacto que sentiremos será na inclusão de mais espaços habilitados para o teletrabalho, de salas específicas a salas reconfiguráveis, dependendo da hora do dia". De facto, as palavras "escritório doméstico", "mesa" e "escritório" foram alguns dos termos mais pesquisados ​​na Houzz em março passado.


Maior relação interior-exterior

Houzz/Cristina Candel


Os espaços ao ar livre vão ser mais importantes e estarão mais em linha com o interior da casa. Para Javier San Juan, fundador do estúdio de arquitetura lado blanco arquitecturas, "terraços, sótãos ou pátios cobertos serão projetados em continuidade com áreas adjacentes, moldando salas interior-externas, como, por exemplo, quartos com pátios privados".


Por outro lado, os telhados dos edifícios vão tornar-se mais importantes, especialmente para todas as casas que estão nos bairros mais antigos das grandes cidades, onde a largura das ruas impossibilita garantir várias horas de sol diário e onde será necessário recorrer aos telhados para criar espaços ao ar livre.


Casas mais saudáveis

Houzz/María Mira Fotografía


Aumentar a prevenção antes de entrar em casa será uma das novas facetas a considerar nas casas. "As casas devem ser projetadas com um espaço anterior onde possam tirar os sapatos assim que entrarem, sem a necessidade de grandes espaços, porque podem ser adaptadas ao tamanho da casa", diz Moisés Royo, fundador da Muka Arquitectura.


Além de novos espaços, a tecnologia pode aumentar a segurança e a prevenção, com as quais veremos surgir novas aplicações para o lar. "Nos próximos anos, veremos portas com reconhecimento facial e controlo de voz nos elevadores" que nos impedirão de usar botões", diz Royo.


Divisões nas casas de banho

Houzz/Jordi Folch


Na opinião de Royo "a pia, a sanita, o chuveiro e a banheira tenderão a separar-se para ocupar diferentes partes da casa", pois, segundo o especialista, separar fisicamente esses elementos é mais higiénico e é feita uma distinção entre as peças mais funcionais das mais focadas no bem-estar e relaxamento.



Casas que nos façam sentir bem

Houzz/Alfredo Arias


Em suma, estar confortável em casa será algo essencial ao projetar os espaços. Pardo acredita que os espaços domésticos "devem ser mais divertidos, ociosos e hedonistas para manter o maior número de membros da família entretido".


Peça um orçamento aqui.


#covid19 #casasconformatveis #casasseguras #casassaudaveis #habitamais




13 visualizações

Segunda a Sexta

9:00 às 18:00

Rua Xavier de Araújo, Loja 10 - A

1600-226 Lisboa, Portugal

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 Habita Mais - Todos os direitos reservados

habita+_logo-04.png
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram