top of page

Como é produzida a energia elétrica e como chega às nossas casas?

Alguma vez se questionou sobre a origem da energia elétrica? O que é a eletricidade? Como é gerada? De onde vem?


Parecem perguntas simples, mas será que conseguimos explicar o conceito de eletricidade ou o percurso da mesma desde a produção até ao momento em que chega às nossas casas? Seria de esperar que soubéssemos responder a todas as perguntas. Afinal, não nos conseguimos conceber enquanto sociedade moderna sem a energia elétrica.


E quando falamos em eletricidade, destacamos tanto a energia capaz de fazer com que as lâmpadas iluminem as divisões da casa como a energia capaz de fazer com que os carros mais eficientes percorram países de lés a lés. É uma descoberta maravilhosa e é importante compreendê-la.

O que é a eletricidade?

Todos os dias utilizamos a eletricidade, mas será que conseguimos explicar o conceito?

A eletricidade nada mais é do que a energia resultante do movimento de eletrões positivos e eletrões negativos no interior dos materiais ditos condutores. O que é o mesmo que dizer que os opostos se atraem e que as cargas positivas e as cargas negativas se unem criando dois tipos de eletricidade: a estática e a dinâmica.

Como é que a eletricidade chega às nossas casas?

A viagem que a energia elétrica faz até chegar às nossas casas é longa, mas muito rápida. Não é magia nem ciência, é um processo faseado que explica grande parte das dúvidas que possam surgir em torno do setor elétrico:


Produção

A eletricidade é produzida em centrais capazes de gerar energia elétrica a partir de energias primárias. Estas energias primárias podem ser renováveis, como o vento, sol, marés, e não renováveis, como o carvão, gás natural, petróleo, entre outros.

As empresas proprietárias das diferentes centrais energéticas vendem a energia gerada às comercializadoras.


Transporte

Assim que a energia é convertida em eletricidade, entra na rede de transporte e percorre grandes distâncias em linhas de muito alta tensão até chegar aos diferentes pontos do território nacional.

Distribuição

De seguida, a eletricidade entra na rede de distribuição e segue até às subestações, onde os transformadores asseguram a tensão elétrica adequada para cada um dos destinos. Estas subestações costumam estar próximas das centrais ou das periferias. Depois da tensão ajustada, a eletricidade é injetada nas linhas de baixa tensão e enviada para as casas mais próximas, chegando assim às nossas casas.

Como consumidor, não é possível eleger a empresa distribuidora, já que está é determinada pela localização do consumo. Além disso, a distribuidora é a empresa responsável pelo transporte da energia até às nossas casas, pela resolução das avarias e pelo contador de eletricidade.

Comercialização

A empresa responsável por fazer a energia chegar a sua casa pode não é a mesma que envia as faturas todos os meses. Em Portugal, a empresa que produz e distribui a energia é a e-Redes. Por sua vez, a empresa que comercializa a energia fica à escolha do consumidor.

As comercializadoras têm a capacidade de apresentar várias tarifas e ofertas aos consumidores apesar de existirem dois mercados distintos em Portugal, o mercado livre, onde os clientes pagam de acordo com o consumo energético e as condições dos seus contratos, e o mercado regulado, no qual o preço é definido pela entidade reguladora do mercado.

Afinal, o circuito da energia elétrica não é tão complexo quanto parece!


Fonte: Endesa Portugal

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page