top of page

Relatório da Sala para 2025 | WGSN



A WGSN anunciou o regresso da sala em 2020. Em 2025, as plantas semiabertas, o zonamento e os espaços com objetivos aumentarão a sua importância, uma vez que os consumidores dão prioridade a divisões flexíveis, eficientes e adaptáveis ao co-living.


A vida pandémica motivou os consumidores a passarem mais tempo em casa e a melhorarem o seu espaço pessoal. Após a pandemia, o aumento do custo de vida está a levar as pessoas a coabitarem com famílias multigeracionais e colegas de quarto. Com isto, surge a necessidade de plantas baixas flexíveis e semi-abertas com divisões fechadas que proporcionem privacidade e uma sensação de separação para as atividades diárias.


A casa continua a ser um local importante para os consumidores relaxarem e recarregarem energias. O Relatório Life at Home 2022 da IKEA revelou que 40% das pessoas em todo o mundo concordam que espaços separados para necessidades e interesses são importantes para refletir a sua identidade. Além disso, uma em cada três pessoas afirmou que a sua casa ideal tem que ter espaço optimizado, apontando para a necessidade de divisão entre divisões para designar a sua finalidade.


É preciso saber: à medida que nos aproximamos de 2025, as prioridades dos proprietários e inquilinos estão a mudar para incluir a otimização do design, à medida que as pessoas encontram novas formas de melhorar a funcionalidade. As divisões devem desempenhar várias funções sem serem caóticas.


A reutilização do espaço é uma prioridade no Reino Unido, de acordo com um estudo da Rated People, que identificou salas de jogos, saunas, roupeiros, e a melhoria da arrumação como as 20 principais melhorias a efetuar nas casas planeadas para 2023 e anos seguintes. Dois terços dos americanos passam mais tempo em casa atualmente do que há dois anos, devido ao aumento da inflação. Este facto está a inspirar os consumidores a fazerem melhorias nas casas, sendo as cozinhas e as salas-de-estar as principais prioridades.


95% dos brasileiros mencionaram a casa como seu lugar favorito, tendo como divisões preferidas o quarto, a sala e a cozinha. Os brasileiros estão a optar por cozinhar em casa em vez de comer fora, o que indica que a modernização das cozinhas é uma excelente oportunidade para os consumidores melhorarem as suas rotinas diárias.


Layouts flexíveis

As soluções de design que permitem que as divisões passem de planos abertos a planos fechados serão ideais para os consumidores que necessitam de espaços adaptáveis.

Tal como indicado em The Future of Home Interiors 2030, o aumento dos custos da habitação e dos cuidados infantis está a levar as pessoas a viverem em conjunto. A criação de espaços que possam acomodar as várias atividades de diferentes grupos etários será fundamental. Os espaços de convívio que dão prioridade à flexibilidade vão repercutir-se. Incluir pormenores como paredes móveis e calhas para cortinas, que são soluções simples que podem ser personalizadas.


Halls de entrada acolhedores

Os halls de entradas ganharam importância durante a pandemia como um espaço de transição do mundo exterior. À medida que as pessoas recebem convidados, esta divisão será fundamental para causar uma primeira impressão.


As pesquisas no Pinterest nos EUA por "ideias para entradas" aumentaram 11% em relação ao ano anterior. As entradas devem ser esteticamente agradáveis e funcionais, com soluções que poupam espaço, como ganchos e prateleiras simples que podem ser montadas numa parede.


As mesas de entrada são um produto fundamental para investir. O relatório 2023 Marketplace Insights da Etsy revelou um aumento de 139% em relação ao ano anterior nas pesquisas por "mesa de entrada estreita".


As pesquisas no Pinterest do Reino Unido por "decoração de entrada pequena" aumentaram 46% em relação ao ano anterior, indicando que os consumidores vão querer transformar os espaços de entrada com pequenos objetos que conferem personalidade. O espaço continuará a ser uma prioridade, independentemente do tamanho da divisão. Opte por bancos e bengaleiros que poupem espaço para residências pequenas, enquanto que as salas-de-estar funcionais em casas maiores devem oferecer assentos e arrumação num só espaço para esconder sapatos e acessórios.


Fonte: WGSN


21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page